Dica de estilo: Como usar poncho no inverno!

Dica de estilo: Como usar poncho no inverno!
Esse post já esta no ar aqui no JT desde 2016 trazendo para vocês essa informação de moda sobre os ponchos mas já que a peça continua super em alta depois de dois anos, o inverno de 2018 promete muito poncho por aí e acabei atualizando com alguns looks meus mais recentes!
Eles surgiram no desfile da Burberry na temporada de 2016 causando um burburinho tremendo e parecem ter ganhado força para o clima invernal aqui no Brasil, especificamente nas regiões do sul e do sudeste.
Há quem torça o nariz para essa tendência ou para essa tentativa de torná-la uma “peça desejo”  mas para quem sempre esta em busca de um toque de estilo na produção e quer manter o visual mega aconchegante, essa é uma ótima opção para os dias de baixa temperatura.

burberry_scraf_poncho_initials_fall_winter_2014_2015_collection

Quem é aqui da região Sul do Brasil, sabe que os “Ponchos” fazem parte da cultura e do código de vestimenta do Rio Grande do Sul, por lá ele é super popular e talvez por esse motivo ele pareça tão familiar.
Selecionei algumas inspirações para vocês conferirem como ele pode ser um grande – e quente – aliado nos dias em que as temperaturas despencam e ainda transforma o look deixando tudo muito mais estiloso e super confortável!

Aqui no JT em 2016 também já rolou um look super estiloso para os dias de outono com uma pegada bem “Boho Chic” com esse poncho de chamois e franjas, olha só:

IMG_6343

Mas vale dar um update de atualização com outros dois looks que fotografei na semana passada – Alô Brasil, já estamos em 2018 e abafa o tanto que eu mudei né? – com as novidades da UNNA Store aqui de Francisco Beltrão com outras opções de ponchos maravilhosos para arrasarmos no inverno né?

Beijos, Ju!

Sobre

Juliana Thomé

O JT nasceu de uma necessidade pessoal em compartilhar minhas experiências de vida e também para dividir o meu olhar sobre esse mundo da moda que é tão presente no nosso dia a dia mas que muitas vezes acaba se tornando pouco didático.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *